O Pix não substitui boletos, TED e DOC, mas é uma alternativa para transferir e fazer pagamentos. Ele começa a funcionar oficialmente, para todos os usuários, no dia 16 de novembro e todos os bancos e fintechs com mais de 500 mil contas ativas deverão se adequar, até esta data, para oferecer e receber o serviço.

O Pix, sistema brasileiro de pagamentos instantâneos, pode acabar com uma das principais dores do e-commerce: as transações com boleto bancário. Hoje, cerca de metade das compras com boleto não são concluídas porque o cliente faz o pedido, mas não paga. A simples desistência gera um custo para o vendedor online.

“O cliente que faz o pedido, mas não paga o boleto gera um custo de logística para o e-commerce. Porque assim que a compra é concluída, o e-commerce tem que bloquear o produto para não vender para outra pessoa.

Em datas como a Black Friday, isso gera muito prejuízo para o comerciante online. “São vendas que deixam de ser efetivadas. Por isso, alguns e-commerces deixam de vender com boleto na Black Friday”,

Mercado Livre, maior marketplace do país, conhece de perto esse problema. “Os pedidos feitos no fim de semana geram muita pressão sobre a área de logística. Só temos a confirmação dos pagamentos na segunda-feira”, disse Rodrigo Furiato, diretor de carteira digital do Mercado Pago.

Por isso, o Pix pode acabar com a questão do boleto porque vai funcionar como um pagamento no débito. Ao escolher pagar pelo Pix, o pagamento é concluído na hora. Para o e-commerce, deixa de existir a espera pela confirmação do pagamento com boleto.

Principais vantagens do Pix

Para o lado do cliente, deixa de existir a possibilidade de deixar para depois. “Pagou, está pago. Não tem essa de deixar para pagar no dia seguinte”,

Outro ganho imediato com o Pix é a possibilidade de acelerar o prazo de entrega. “Como a confirmação do pagamento já sai na hora, fica muito mais fácil administrar a logística”,

Mas o mais importante deles é permitir que pessoas sem cartão possam efetuar compras pelo e-commerce. “Hoje, ao efetuar a compra, o consumidor tem a possibilidade de pagar com cartão ou boleto. Quem não tem cartão de crédito fica excluído desse universo”,

2020-11-12T23:47:41-02:00
Open chat
Tire suas dúvidas!