No momento atual o Brasil tem 62 milhões inadimplentes uma estatística assustadora, mostrando que existe um grande risco nos negócios para as empresas. Contudo, o tema é muito complexo e deve ser tratado com cuidado.

Segundo Afonso Morais, sócio da Morais Advogados, advogado especialista em recuperação de créditos, esses números escondem algumas curiosidades. “Existem levantamentos que apontam que o número de pessoas cai pela metade, sendo que o devedor após, ficar negativado, acaba fazendo outro financiamento em nome da esposa, filhos ou outros parentes”, explica.

Além disso Afonso Morais tem uma visão positiva perante essa situação: “Eu acredito que a volta do crescimento da economia e a consequente contratações de emprego pelas empresas irão criar condições dos inadimplentes negociarem as suas dívidas. Outro ponto positivo é a baixa da taxa de juros que já está ocorrendo”, avalia.

Contudo, a grande questão em relação a esse tema para as empresas é: como cobrar quem não pagou? O sócio da Morais Advogados explica que é preciso ter controle interno do seu passivo e também ter uma assessoria externa especializa em negociar de forma amigável e ainda conseguir manter o cliente. Iniciando este processo após no máximo quinze do vencimento do débito.

A empresa especialização em recuperação de crédito poderá auxiliar os clientes nessa cobrança não esperando anos para iniciar uma negociação com os inadimplentes e sendo flexível nos acordos com os inadimplentes em situações difíceis porque ela consegue avaliar a situação do devedor no mercado. “Assim, além de ter um retorno melhor nas cobranças, manterá os clientes para novos negócios”, detalha o especialista.

Veja pontos para uma cobrança com sucesso:

  • Tenha tudo organizado no seu fluxo de caixa e crie um cronograma de cobranças – sabendo quando venceu, quanto deve cobrar, qual o valor da multa, dos juros, vincular e desvincular o boleto da cobrança e a nota fiscal da venda ou do serviço prestado.
  • É interessante ligar ao cliente que está devendo já no dia seguinte ao vencimento informando que não identificou e pedindo ajuda para localizar o pagamento, pois o banco pode ter se confundiu e não conseguiu identificar, peça por favor para ele enviar o comprovante de pagamento.
  • Após 03 dias de vencimento o é preciso contatar o cliente e indagar do pagamento, explicando a necessidade em ter o dinheiro por ter compromissos a honrar. Não esqueça de mandar e-mail para reforçar a ligação, cobre do cliente, com delicadeza uma data de pagamento, pergunte se ele pode fazer uma transferência hoje.
  • Atraso prolongado – contrate um escritório jurídico especializado em negociação, informando ao escritório as regras e valores a serem negociados, tendo uma política flexível nos acordos com os inadimplentes que demonstrem situações difícil e assim ira além de ter um retorno melhor nas cobranças e manter os clientes para novos negócios.
  • Quando o devedor não paga o seu débito, mesmo tendo sido negociado várias formas de parcelamento e não informa uma posição de pagamento futuro e o caminho é escritório de advocacia que está efetuando a cobrança, encerar a fase amigável e imediatamente ajuizar a competente processo judicial.
  • Assim sendo, as empresas terão maior chance de recuperação de seus passivos.
2020-02-17T14:41:13-03:00