No ano passado, a Previdência gastou R$ 195,2 bilhões mais do que arrecadou – deficit 7% maior do que o registrado em 2017, um recorde na série histórica do Regime Geral de Previdência Social (RGPS), que paga benefícios aos trabalhadores do setor privado. O principal objetivo da reforma encaminhada pelo atual governo é reduzir essa diferença: diminuir a velocidade de aumento das despesas elevando a idade média de aposentadoria e elevar as receitas com uma taxação progressiva dos salários dos contribuintes, entre outras medidas.

2019-12-29T21:56:28-03:00